L Liturgia

Liturgia de 22 de agosto de 2018

QUARTA FEIRA - NOSSA SENHORA RAINHA
(branco, pref. de Maria - ofício da memória)

Antífona da entrada

- A rainha está à vossa direita com suas vestes de ouro, ornada de esplendor (Sl 44,10).

Oração do dia

- Ó Deus, que fizestes a mãe de vosso Filho nossa mãe e rainha, dai-nos, por sua intercessão, alcançar o reino do céu e a glória prometida aos vossos filhos e filhas. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.

1ª Leitura: Is 9, 1-6

- Leitura do livro do profeta Isaías - 1O povo, que andava na escuridão, viu uma grande luz; para os que habitavam nas sombras da morte, uma luz resplandeceu. 2Fizeste crescer a alegria, e aumentaste a felicidade; todos se regozijam em tua presença como alegres ceifeiros na colheita, ou como exaltados guerreiros ao dividirem os despojos. 3Pois o jugo que oprimia o povo, — a carga sobre os ombros, o orgulho dos fiscais — tu os abateste como na jornada de Madiã. 4Botas de tropa de assalto, trajes manchados de sangue, tudo será queimado e devorado pelas chamas. 5Porque nasceu para nós um menino, foi-nos dado um filho; ele traz aos ombros a marca da realeza; o nome que lhe foi dado é: Conselheiro admirável, Deus forte, Pai dos tempos futuros, Príncipe da Paz.  6Grande será o seu reino e a paz não há de ter fim sobre o trono de Davi e sobre o seu reinado, que ele irá consolidar e confirmar em justiça e santidade, a partir de agora e para todo o sempre. O amor zeloso do Senhor dos exércitos há de realizar estas coisas.

- Palavra do Senhor.

- Graças a Deus.

Salmo Responsorial: Sl 113, 1-2.3-4.5-6.7-8 (R: 2)

 - Bendito seja o nome do Senhor, agora e por toda a eternidade!

R: Bendito seja o nome do Senhor, agora e por toda a eternidade!

- Louvai, louvai, ó servos do Senhor, louvai, louvai o nome do Senhor! Bendito seja o nome do Senhor, agora e por toda a eternidade.

R: Bendito seja o nome do Senhor, agora e por toda a eternidade!

- Do nascer do sol até o seu ocaso, louvado seja o nome do Senhor! O Senhor está acima das nações, sua glória vai além dos altos céus.

R: Bendito seja o nome do Senhor, agora e por toda a eternidade!

- Quem pode comparar-se ao nosso Deus, ao senhor, que no alto céu tem o seu trono e se inclina para olhar o céu e a terra?

R: Bendito seja o nome do Senhor, agora e por toda a eternidade!

- Levanta da poeira o indigente e do lixo ele retira o pobrezinho, para fazê-lo assentar-se com os nobres, assentar-se com os nobres do seu povo.

R: Bendito seja o nome do Senhor, agora e por toda a eternidade!

Aclamação ao santo Evangelho.

Aleluia, aleluia, aleluia.

Aleluia, aleluia, aleluia.

 

 - Maria, alegra-te, ó cheia de graça, o Senhor é contigo; és bendita entre todas as mulheres da terra! (Lc 1,28).

Aleluia, aleluia, aleluia.

Evangelho de Jesus Cristo, segundo Lucas: Lc 1, 26-38


- O Senhor esteja convosco.

- Ele está no meio de nós.

 

- Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo † segundo Lucas.

- Glória a vós, Senhor!

- Naquele tempo, 26 o anjo Gabriel foi enviado por Deus a uma cidade da Galiléia, chamada Nazaré, 27a uma virgem desposada com um homem que se chamava José, da casa de Davi e o nome da virgem era Maria. 28Entrando, o anjo disse-lhe: Ave, cheia de graça, o Senhor é contigo. 29Perturbou-se ela com estas palavras e pôs-se a pensar no que significaria semelhante saudação. 30O anjo disse-lhe: Não temas, Maria, pois encontraste graça diante de Deus. 31Eis que conceberás e darás à luz um filho, e lhe porás o nome de Jesus. 32Ele será grande e chamar-se-á Filho do Altíssimo, e o Senhor Deus lhe dará o trono de seu pai Davi; e reinará eternamente na casa de Jacó, 33e o seu reino não terá fim. 34Maria perguntou ao anjo: Como se fará isso, pois não conheço homem? 35Respondeu-lhe o anjo: O Espírito Santo descerá sobre ti, e a força do Altíssimo te envolverá com a sua sombra. Por isso o ente santo que nascer de ti será chamado Filho de Deus. 36Também Isabel, tua parenta, até ela concebeu um filho na sua velhice; e já está no sexto mês aquela que é tida por estéril, 37porque a Deus nenhuma coisa é impossível. 38Então disse Maria: Eis aqui a serva do Senhor. Faça-se em mim segundo a tua palavra. E o anjo afastou-se dela.

- Palavra da salvação.

- Glória a vós, Senhor!

 

Liturgia comentada

Cheia de graça! (Lc 1, 26-38)

É assim que o Anjo Gabriel se dirige à Virgem de Nazaré. A saudação original registrada por São Lucas [em grego: “kecharitoméne”] faz referência a uma graça foi que recebida em plenitude, desde o passado e de modo definitivo. Fala de uma presença ativa e atuante de Deus na pessoa e na vida de Maria. Afinal, a jovem Maria de Nazaré fora escolhida por Deus para ser a Mãe do Salvador!

Hoje, celebramos Nossa Senhora Rainha. Mesmo que o tempo da monarquia tenha passado, o povo simples ainda quer que ela reine em suas vidas, ao lado do Rei Jesus. Sim, a Mãe do Rei é Rainha. Alguns recusam tais termos, porque só pensam no absolutismo do poder real, mas não se lembram do cuidado, do zelo e da dedicação do Rei por seu povo.

Continuemos invocando nossa Rainha, como faço em um de meus poemas - “Cheia de Graça”:

Ainda é noite. Há escuridão lá fora
E a tempestade os páramos perpassa...
Acendo a vela e clamo sem demora:
- Cheia de Graça!

Dentro do peito, a angústia me devora...
A treva densa o coração amassa...
Maria vem e prenuncia a Aurora:
- Cheia de Graça!

Ruge o leão e o medo me apavora,
Seu hálito de fel o olhar me embaça!
Em grito um Nome e o mal se vai embora:
- Cheia de Graça!

Se a morte vem e a face me descora,
O alfanje armado em sua eterna caça,
Invoco lá do céu minha Senhora:
- Cheia de Graça!

Orai sem cessar: “Ave, Maria, cheia de graça!”
Texto de Antônio Carlos Santini, da Comunidade Católica Nova Aliança.
This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

Livro

Enquete

Qual os temas do site da CCNA mais te chama atenção

Mais Lidos